sábado, 12 de julho de 2014

Pacatuba, clima serrano a 30min de Fortaleza e Apoena Ecopark

Pacatuba é uma cidadezinha muito charmosa que fica apenas a 30min de Fortaleza por uma estrada duplicada e em ótimas condições. Localizada ao pé da Serra da Aratanha, tem muito verde, muitas trilhas ecológicas, lagos e bicas para um banho delicioso e geladinho... Pertinho da capital, é uma ótima opção de passeio para quem vive ou está em Fortaleza. Imperdível!!! 

A cidade é um desses destinos bacanas do tipo "bate e volta" (o qual adoramos fazer num fim de semana ou período que não conseguimos fazer uma viagem maior), com atrações locais gratuitas ou acessíveis. Para quem busca um lugar calmo, com muita natureza, e conhecer um outro Ceará que não é só de praia, é uma boa dica. Fizemos nosso roteirinho em um dia de sábado, meio chuvoso, tornando ainda mais envolvente o clima da cidade, pois nem parecia que estávamos no calor característico da nossa terra.

Por muitos anos, Pacatuba foi conhecida em todo o Brasil por causa de uma tragédia: a queda do voo 168 da antiga empresa VASP, onde a aeronave chocou-se com a serra da Aratanha, já tendo sido considerado o pior acidente aéreo do país. Hoje a cidade traz na sua história outro fato importante relacionado aos vôos, mas dessa vez positivamente: seus ventos fazem de Pacatuba o "Havaí dos vôos livres do Ceará", sendo uma das melhores regiões do Brasil para a prática de esportes nessa modalidade.

Seu patrimônio histórico data do século XVIII, como os casarões, a Igreja Nossa Senhora da Conceição, Igreja Nossa Senhora do Carmo e a Estação Ferroviária de Pacatuba. O ponto alto do turismo na cidade é durante a Semana Santa, onde é encenada uma peça sobre a Paixão de Cristo ao ar livre, tendo inclusive uma praça erguida com as características da época para esse momento.

A cidade tem um roteiro ecológico muito bacana pra conhecer, mas como chegamos "acompanhados" por uma chuvinha, optamos em fazer apenas três passeios, que foram: conhecer o centro da cidade, o Parque das Andréas e visitar o Apoena Ecopark.


- Praçinhas de Pacatuba 
Uma grande característica das cidades interioranas é que a mesma parece se desenvolver em torno da pracinha, sendo esta um marco de encontro da população e seus visitantes. Por isso, em nossas viagens, sempre fazemos questão de visitar as praças municipais, pois elas trazem em si e em seu entorno, histórias muito interessantes e em Pacatuba não é diferente. Ficamos bem impressionados com a praça da cidade (que na realidade são três as principais: Praça da Fonte, Praça da Paixão de Cristo e Praça da Matriz).

A primeira praça que visitamos foi a Praça da Matriz, bem na entrada da cidade. Muito bem arborizada e aconchegante, com um pequeno coreto e uma vista pra Serra de Aratanha de tirar o fôlego. Fiquei na hora com vontade de arrumar as malas e morar nessa cidade, deve ser muito bom ter um espaço delicinha assim pras crianças brincarem a vontade.






Impressiona também a Igreja Matriz da cidade.




Logo ali ao lado fica a Praça da Paixão, uma praça construída para a encenação da Paixão de Cristo, que acontece na Semana Santa de cada ano, cuja a encenação comemorou 40 anos agora em 2014. Trata-se de uma praça-teatro com oito mil metros quadrados e cenários fixos que imitam as construções no tempo de Jesus. Na nossa visita, vimos que a praça é cercada por grades, mas nada que impeça apreciar sua beleza e fazer algumas fotos.


Do passeio pelas praças seguimos para a Estação Ecoturística Parque das Andréas (que fica logo ao lado), um patrimônio ecológico com cascatas, trilhas, lagos, grutas, piscinas naturais e bicas. O balneário está aberto todos os dias da semana e dispõe de uma infra-estrutura bem básica. A entrada custa R$ 4,00 por pessoa e crianças até nove anos não pagam. Muitos moradores reclamam da falta de cuidado com o espaço e de fato merece uma maior colaboração de quem visita. Caso o visitante queira, pode levar suas comidas e fazer um picnic no local ou comprar num dos vários boxes da Estação.

Confesso que não nos animamos muito pelo banho e ficamos uns 15 minutos no máximo, apenas pra tirar umas fotos e, de fato, conhecer o local. 






Nossa última parada foi no Apoena Ecopark Terra da Aventura, ponto alto do nosso passeio. O parque funciona aos sábados e domingos, das 9h às 17h e fica bem ao lado da Igreja Matriz (reparou que tudo é pertinho, não é?).












Além dos passeios que fizemos, o Apoena Ecopark tem muitas outras atrações como a tirolesa (uma das maiores do Nordeste, com 330m de comprimento), arvorismo, casa do lenhador (um espaço temático em madeira para lanches), trilha ecológica, labirinto ecológico, planifério e muito mais. O ingresso custa R$ 18,00 para adultos e crianças até 1m de altura não pagam. 

UMA DICA: o parque sempre tem ingressos em sites de compra coletiva, que inclui o almoço e um passeio pela tirolesa. Vale a pena consultar nos sites se no período da sua visita tem alguma promoção rolando.

Está gostando das nossas dicas? Então segue a gente também no Instagram e fique por dentro de todas as novidades e andanças #rodandopeloceará.


Para finalizar seu passeio por Pacatuba, se você for um viajante que curte esporte mais radicais, pode se aventurar nos voos livres. A cidade é conhecida como o Havaí dos vôos livres do Ceará. Os voos podem ser feito avulsos ou em dupla com instrutores. A idade mínima para voar é de 12 anos, com autorização dos pais. Mais informações na página do Ceará Parapente clicando aqui.

E aí, gostaram das nossas dicas??? A gente adorou esse passeio e ficou com muita vontade de repetir a dose noutra oportunidade.

Quer conhecer mais de Pacatuba? Clique aqui e veja também sobre o evento Paixão de Cristo, que acontece no feriado da Semana Santa.


Postar um comentário

Curta nossa fanpage

Se inscreva no nosso canal

Nossos parceiros

Fazemos parte