sábado, 4 de julho de 2015

Como chegar em Jericoacoara de carro

Já contamos pra vocês lá no Instagram um pouco sobre nossa viagem pra Jericoacoara através da hastag #rodandoemJeri. Agora, é hora de contar, tintim por tintim, os detalhes dessa que foi uma das viagens mais legais que fizemos no Ceará (até agora!).

O destino, sonhado por muitos viajantes, fica distante 295 kms de Fortaleza. É preciso falar que sempre adiamos nossa trip, pois tínhamos a ideia de ser um destino caro, muito caro. E até pode ser! Mas conseguimos fazer a maioria dos passeios tradicionais e recomendados sem gastar tanto e vamos contar como. Existem várias formas de se chegar em Jeri, um dos destinos mais procurados do mundo!!! Seja de ônibus + jardineira, carro 4x4 (que pode ser transfer ou alugado) e até helicóptero! Nesse post irei explorar sobre como chegar em Jericoacoara em um carro de passeio.


Abaixo um mapa que mostra a rota entre Fortaleza e Jericoacoara. A melhor opção sem dúvida é viajar pela CE 085, mais conhecida como Estruturante. A estrada está em bom estado de conservação e em alguns trechos está duplicada.


Outra dica, se você tiver um tempinho extra é: como viajamos com uma criança, sempre optamos por fazer paradas estratégicas e não ficar mais do que duas horas na estrada. Assim, em nosso trajeto com saída a partir de Fortaleza, ficamos um dia na Praia de Guajiru, no Trairi. Lá nos hospedamos na Pousada Bons Amigos. No dia seguinte, seguimos então para nosso destino tão sonhado.

Veja neste post aqui 3 lugares incríveis para conhecer a caminho de Jericoacoara.
Praticamente todos os relatos de viagem que li sobre ir de carro desencorajava a aventura. Estávamos decididos a deixar o carro em um estacionamento em Jijoca de Jericoacoara e seguir de jardineira até Jeri, mas no caminho paramos num posto de apoio na localidade de Preá, onde guias vendem o serviço de levar seu carro até a vila. Claro que eles afirmam que não há risco algum pro carro e sinceramente fiquei com os dois pés atrás com a proposta. Tínhamos dúvidas se valia o risco, mas o fato de estar com uma criança e a comodidade de ficar com o carro falaram mais alto. O jeito era mesmo torcer que tudo desse certo!


Como vocês podem ver nas duas fotos acima, nosso carro não é nenhum 4x4. Trata-se de um Palio Wekeend 1.4. O guia foi enfático em dizer que não havia riscos e que chegaríamos com muita tranquilidade, o que nos deu total segurança. Após algumas conversas, fechamos o valor de R$ 50,00 pelo serviço com o guia Mardônio (mais abaixo o contato dele).

No estacionamento de Jijoca, pagaríamos o valor de R$ 20,00/dia para deixar o carro. Como ficaríamos 4 dias, seriam R$ 80,00, além do valor da jardineira para nos levar e nos trazer, no valor por pessoa de R$ 25,00, totalizando mais R$ 50,00 de custos (dois adultos). No somatório, pareceu realmente compensar ficar com o carro e ir até Jericoacoara. Sendo assim, partiu!

O processo foi bem simples. No posto de apoio, que fica as margens da CE, o guia esvaziou um pouco os pneus do carro e fomos seguindo ele (que estava em uma moto) por uma estrada até a Praia de Preá (esse trecho tem em torno de 12 kms). A estrada é de terra e estava com lama em alguns trechos, devido as chuvas da época, e alguns buracos, mas nada que fosse absurdo.






Chegando em Preá, o guia assume a direção do carro e é ele quem leva até Jericoacoara. O caminho é todo bem sinalizado, mas não arrisque a fazê-lo sozinho!!



Está gostando dessas dicas? Você pode acompanhar tudo em primeira mão em nosso Instagram, segue a gente lá também!


Como é possível ver nas fotos acima, todo o trecho é tranquilo de ser feito, desde que com um guia. E aqui mais uma observação importante: muito cuidado com quem você contrata! Tivemos muita sorte em encontrar uma pessoa tranquila, experiente e segura.Vimos guias lá "sem dó nem piedade" do carro. Acho então que esse é o principal diferencial sobre ir de carro ou não. Nosso guia, Mardônio, foi muito cauteloso em todo o trajeto, não só o que nos levou à vila, mas também os passeios que fizemos em nosso carro (conto isso aqui e aqui). Então, se puderem optar por um guia com indicação, melhor! O contato do Mardônio é (88) 98884-6192, recomendadíssimo.


Já no caminho fizemos uma breve parada num dos pontos mais visitados, que é a árvore da preguiça, que tem esse nome por causa do seu formato deitada.

Ao chegar em Jeri, o carro precisa ficar no estacionamento, que você paga R$ 10,00/dia. O nosso, contudo, ficou na Pousada Casa Libélula, então pagamos apenas uma vez para entrar na vila. Atualmente na Pousada não têm mais estacionamento.

Ainda em nossa chegada, demos uma volta pelo centrinho da vila (nesse momento sempre com o guia), que nos mostrou um pouco das ruas e das regras (como dias e horários de uso e faixas). Acredito que pelas fotos vocês verão que é uma estrada de terra, mas que é possivelmente tranquila de circular.





Pelo o que entendemos, o acesso a veículos é permitido, a exceção entre os dias de sexta a domingo, das 17h às 00h, onde existe uma maior fiscalização. Mas, na realidade, tudo é tão pertinho na vila que muito provavelmente você não sentirá necessidade de estar circulando com seu veículo por lá (e evite, tá?). O carro ficou praticamente todo o período na pousada, saíamos apenas para os passeios. É importante lembrar também que o que faz Jeri ser Jeri é justamente esse aspecto rústico da vila, de andar com pé na areia etc. Então, bom senso sempre é importante!

Aí você se pergunta: qual a vantagem então? Para nossa experiência com criança foi muito vantajoso. Fizemos os passeios no nosso carro (falarei no próximo post), com nossa filha na cadeirinha, com segurança, podendo dormir sem estar exposta ao sol, fazendo os nossos horários etc. Mas como já martelado aqui, essa foi a NOSSA experiência!

Placa em Jeri sinalizando o uso dos carros

Não sei se foi a época do ano que "facilitou" o acesso, mas tanto para nós quanto para amigos e seguidores do blog que foram depois da nossa viagem com nossa dica, a opção de ir em carro de passeio pareceu ser a melhor escolha. Mas não custa lembrar que as informações aqui contidas devem ser usadas apenas como referência. Pesquise e veja o que melhor se adepta ao seu estilo de viagem. Essa foi uma experiência que nos valeu, e muito! Nos próximos post's falarei sobre a vila, seus encantos, bem como os passeios que fizemos, todos em nosso carro de passeio. Tenho certeza que vocês irão gostar das dicas!


Gostou dessas dicas? Quer saber mais sobre Jericoacoara?

Veja o que fazer em Jericoacoara (em construção):

Jericoacoara está na nossa lista TOP 5 de destinos românticos no Ceará.
Vai para Jericoacoara? Ache o hotel perfeito em nosso parceiro Booking.com clicando aqui.

Compartilhe com seus amigos através das nossas redes sociais. Segue a gente também e fique por dentro das nossas aventures #rodandopeloceara. Ah, e não se esqueça de curtir nossa fanpage no Facebook para acompanhar nossas aventuras.
Postar um comentário