, , , , ,

Rota dos Mercados Públicos de Fortaleza: História e Gastronomia

O que fazer em Fortaleza? Já pensou conhecer os seus mercados públicos? Realizar turismo em uma cidade vai muito além de conhecer seus pontos mais badalados. E é "destrinchando" espaços fora das rotas tradicionais que encontramos novos olhares, novos sabores e novas perspectivas sobre cada destino. Foi por isso que vimos com muita alegria a proposta da Prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria de Cultura, do projeto Roteiros Culturais, onde fortalezenses e turistas puderam realizar no mês de Outubro/2015 visitas culturais a três mercados da capital, com mediação do arquiteto Lucas Rozzoline, da Coordenadoria de Patrimônio Histórico e Cultural da Secultfor, e de Kerla Alencar, que realizou pesquisa sobre o Mercado São Sebastião, uma das paradas da rota (você poderá conferir toda a pesquisa clicando aqui). E claro que não podíamos perder essa oportunidade, participando assim da atividade!

Fachada do novo Mercado da Aerolândia, que será reinaugurado em breve.

A história dos mercados em Fortaleza tem início no ano de 1809, com a construção do Mercado de Farinha no prédio onde hoje funciona o CCBN, destinado na época à venda de cereais. 

Em 1896 foi inaugurado um novo mercado público, chamado de Mercado de Ferro, visto que sua estrutura era composta de dois pavilhões em ferro fundido. Em um pavilhão eram comercializados carnes, frutas, peixes e outros produtos mais perecíveis e no outro eram comercializados cereais. O Mercado do Ferro, junto com o Mercado da Farinha, foi durante muito tempo responsável pelo abastecimento da cidade (ver foto ao lado). 

Segundo Lucas Rozzoline, um dos mediadores desse roteiro, ao longo dos anos as pessoas foram se apropriando do espaço e "reconstruindo" o mercado a sua maneira e necessidade, em alvenaria, de forma livre, sem nenhum tipo de planejamento, tendo sido desativado no final da década de 30. Nesta época já comercializava-se de tudo, muito além das carnes e cereais, mas também artesanato, roupas, animais e muito mais!!



Um novo mercado público em Fortaleza é então inaugurado, cuja projeto é composto basicamente por um pavilhão de concreto com estrutura de pilares e coberto com tesouras metálicas feitas com trilhos de bonde. A fachada, com vãos abertos que se mantêm até hoje, garantiam melhor luminosidade e circulação de ar no ambiente.

"Em 1937 o Mercado de Ferro é então desativado. A sua bela estrutura de ferro em art nouveau foi dividida em duas partes destinadas à construção de outros mercados: o Mercado dos Pinhões, na praça Visconde de Pelotas, na Aldeota; e o Mercado São Sebastião, na Praça Paula Pessoa." Fonte: Secultfor

O Mercado dos Pinhões permanece até hoje com a estrutura recebida. Tombado como bem cultural em 2006, é um dos "caldeirões culturais" da cidade, com uma agenda bastante diversificada e palco de uma ampla programação artística e gastronômica, como a feira orgânica e festival de arte e cultura alimentar, além de dança, música, literatura, fotografia e outras manifestações culturais que movimentam o Mercado por quase todos os dias da semana.




A segunda parte do Mercado de Ferro foi destinada para a construção de um novo mercado, na época o São Sebastião, permanecendo até o ano de 1968, quando mais uma vez a estrutura foi transferida para um novo endereço, agora na Aerolândia.


Durante a visita, podemos conhecer um pouco mais da história dos mercados e apreciar todo o trabalho de restauração da estrutura de ferro no novo Mercado da Aerolândia, que será reinaugurado em breve. Os vitrais são um destaque a parte da obra, ganhando vida com a luz do dia!


Nossa última parada se deu no Mercado São Sebastião, para fechar com chave de ouro esse roteiro pelos mercados de Fortaleza. Considerado como o principal mercado público da capital, o espaço reúne muito além de frutas, verduras, carnes e produtos artesanais. A diversidade cultural e gastronômica do Mercado fazem dele parada obrigatória para quem quer conhecer mais da tradição de "ser cearense".



Após a retirada da estrutura de ferro, em 1968, o "São Sebastião ganhou galpões de alvenaria com com telhas de amianto. Essa estrutura permaneceu até a década de 1990, quando o Mercado ganhou sua forma atual, principalmente de alvenaria, através de reforma promovida pelo então prefeito Juraci Magalhães, em 1997, com projeto do arquiteto Fausto Nilo". Fonte: Boa Notícia



Foi movida pela paixão e curiosidade pela história do São Sebastião, que a jornalista Kerla Alencar, mediadora da nossa visita, realizou uma ampla pesquisa sobre a tradição culinária neste mercado. No local, facilmente são encontrados iguarias da nossa gastronomia, como a buchada, a panelada, sarrabulho, entre outros. O Mercado também abastece restaurantes e cozinhas diversas com produtos não só do Ceará, mas também de outros estados. Diz-se que o que não encontra no São Sebastião, não encontra em Fortaleza!





Finalizamos nosso tour com um almoço, apreciando da nossa culinária regional e certos de que seria importante que esse roteiro fosse mais divulgado e, por que não?, oficializado pela Prefeitura de Fortaleza.



Ficou com curiosidade de conhecer mais dos mercados públicos de Fortaleza? 
Veja maiores informações sobre o projeto de tradição culinária no São Sebastião clicando aqui
Clicando aqui você vai conferir a programação e informações do Mercado dos Pinhões.

___________
Quer conferir mais sobre a cidade de Fortaleza? Confira mais dicas de passeios e atrações na cidade.


Compartilhe as informações com seus amigos, nas redes sociais abaixo. Viaje mais, conheça o Ceará!
Share:
Leia mais aqui
, , , , , , , , ,

Blogagem Coletiva: Descobrindo o Brasil com crianças

Fala viajantes! Hoje nosso post é mais que especial. Nós que fazemos o Rodando pelo Ceará, e tanto valorizamos as viagens com crianças em território nacional, vamos participar da nossa primeira blogagem coletiva, que é quando vários blogs se reúnem para escrever sobre um assunto específico.

Piscinas Naturais em Guajiru

E o tema da vez, proposto no grupo de blogueiros de viagem do Facebook e apresentado nas redes sociais com a hastag #BrasilcomCrianças é apresentar as 5 melhores viagens que nós, blogueiros, já fizemos no Brasil com nossos filhos (ou sobrinhos, afilhados, primos etc etc).


Como nosso blog é sobre o Ceará, resolvemos destacar então 5 destinos no nosso estado. Claro que tem muito mais por aqui, mas optamos falar de viagens que já fizemos com nossa filha e ter uma certa "propriedade" para apresentar pra vocês o destino. São viagens, passeios e locais que conhecemos, a sua maioria fora da rota tradicional de turismo, e que gostamos muito. Aqui está a nossa lista!

_____________

1. Trilha ecológica em Ponta Grossa, em Icapuí

A Praia de Ponta Grossa é uma área de proteção ambiental e um dos destinos mais procurados por quem visita Icapuí, a última cidade do Ceará pela costa do sol nascente e que faz divisa com o Rio Grande do Norte. É considerado um dos passeios mais bonitos e completos do litoral cearense, onde o visitante pode banhar-se no mar de águas calmas e quentinhas, conhecer as falésias multicoloridas e também fazer a trilha ecológica, que vou contar agora pra vocês. 

Um dos passeios bem legais que fizemos por lá foi a Trilha Ecológica, quem no total tem menos de 2kms e apresenta níveis leve e moderado de dificuldade. É importante ir preparado, levando água e subindo sem pressa para fazer as pausas necessárias. Apesar de parecer difícil, com calma você consegue fazer o percurso. Fizemos o roteiro com um guia local no final da tarde, com nossa filha de 4 anos, idade inicial que recomendo o passeio.

Essa é uma experiência muito rica, ainda mais quando se está com crianças! No nosso caso foi muito interessante observar a mata nativa e os bichos que podemos encontrar, como uma cobra, quietinha em uma árvore. Valentina nunca tinha visto uma cobra tão de perto (coisas de quem mora na cidade), então foi algo realmente incrível pra ela! Um dos momentos mais legais foi descer a maior duna móvel do Ceará!

Quer ver o post completo falando desse passeio? Clica aqui e confira!








2. Museu Brinquedim, em Pindoretama

Nossa segunda dica é conhecer o Museu Brinquedim, localizado no município de Pindoretama, a 50kms de Fortaleza, deveria ser parada obrigatória para viaja pela chamada Costa do Sol Nascente no Ceará. Já havia um bom tempo que desejávamos fazer essa visita e, felizmente, a oportunidade surgiu. Vamos contar o porquê você deve incluir esse museu em seu roteiro de viagem.

O Museu conta com variadas peças do artista plástico cearense Dim Brinquedim. O mais legal é que ele é um museu que desde a sua entrada já encanta, com obras expostas no jardim, na frente da casa e em vários ambientes. Ali crianças podem interagir com a arte, como escorregar na língua de um boneco gigante ou passar por um portal em forma de gato! O acervo do artista conta com mais de 500 peças, de pequenas e grandes dimensões, distribuídas em sete conjuntos internos e um externo, com muita cor e alegria, motivando e exaltando a importância do lúdico. O Museu é um processo vivo e em constante transformação e uma atração a parte para os pequenos.

Quer ver o post completo falando desse passeio? Clica aqui e confira!






3. Piscinas naturais em Guajiru, Trairi

Guajiru é uma comunidade localizada a 120kms de Fortaleza, no município de Trairi. O local é comparado com a vila de Jericoacoara, a 20 anos atrás, devido a sua beleza, natureza e preservação, além da ausência do turismo de massa, ideal pra aquela viagem de descanso e deixar as crianças brincarem a vontade na praia.

Mas o que mais chamou nossa atenção e fez a felicidade da nossa filha foram as piscinas naturais que se formam quando a maré baixa. Ali, caminhando pela faixa de areia, você chega tranquilo nas piscininhas. É maravilhoso o banho nas águas mornas, ver os peixinhos, recife de corais e toda aquela tranquilidade típica do vilarejo. Consideramos Guajiru como o melhor destino no litoral pra ir com crianças no Ceará!





4. Guaramiranga

Um outro destino que sempre curtimos conferir no Ceará é em Guaramiranga, considerada - com as devidas proporções - a Suíça cearense. A cidade fica apenas uns 100kms de Fortaleza e o seu grande atrativo é o clima frio que gira em torno de 15 a 18 graus, um "gelo" comparado com as altas temperaturas alcançadas na capital cearense.

A cidade é bem tranquila, com ar interiorano e é possível ter muito contato com a natureza, com seus banhos de cachoeira, passeios etc. Uma dica pra quem visita a cidade é fazer um passeio pouquíssimo divulgado, mas que nós adoramos!, que é a Trilha do Café.


É no meio da densa mata que vamos escutando histórias como a lenda do João de Barro, que constrói com esforço a casa para que a Maria de Barro possa colocar seus ovos, mas que depois, aprisiona a Maria dentro do ninho como forma de se vingar de uma traição. Trata-se de uma crença popular muito difundida e claro que ouvir essa história no meio da mata, escutando a natureza, torna-se ainda mais especial.


Quer ver o post completo falando sobre Guaramiranga? Clica aqui e confira!

5. Engenhoca Park, Aquiraz

Em Aquiraz nossa dica é fugir um pouco dos passeios óbvios e visitar o Engenhoca Ecoparque, um dos espaços mais legais pra se passar o dia com crianças em meio a natureza, no Ceará. O parque é um dos nossos queridinhos e sempre estamos por lá. A diversão é certa e a criançada adora as atrações, desde o espaço infantil para os menores, até as mais radicais para crianças maiores e até adultos, como tirolesa, arvorismo etc.


Já falamos várias vezes sobre ele aqui no blog. Você pode conferir tudo clicando aqui.

__________

Não deixe de ler e se inspirar nas melhores viagens de outras famílias viajantes!

1. Trilhas e Cantos:
http://www.trilhasecantos.com.br/2015/10/blogagem-coletiva-descobrindo-o-brasil.html
Destinos: Serra da Canastra, São Miguel do Gostoso, Rota Ecológica, Serra Catarinense e Litoral Norte de SP

2. E aí, Férias!:
http://www.eaiferias.com/2015/10/bc-descobrindo-o-brasil-com-criancas.html
Destinos: Beach Park, Portobello Resort & Safari, Vassouras Eco Resort, Sul de Minas

3. Rodando pelo Ceará:
http://www.rodandopeloceara.com.br/2015/10/blogagem-coletiva-descobrindo-o-brasil.html
Destinos: Trilha Ecológica em Icapuí, Museu Brinquedim, Piscinas Naturais em Guajiru, Guaramiranga e Engenhoca Ecoparque

4. Malas e Panelas:
http://malasepanelas.com/descobrindo-o-brasil-com-criancas
Destinos: Arraial d'Ajuda, Florianópolis, Cambará do Sul, Cruzeiro na costa brasileira e Gramado/Canela

5. Felipe, o pequeno viajante:
http://www.felipeopequenoviajante.com/2015/10/as-melhores-viagens-com-criancas-no-brasil.html
Destinos: Gramado e Canela, Litoral da Bahia, Fernando de Noronha, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro

6. Viajando com Palavras:
http://viajandocompalavras.com/2015/10/18/blogagem-coletiva-descobrindo-brasil-criancas-destinos-nacionais/
Destinos: Gramado, Paraty, Praia dos Carneiros, Cabo Frio, Belém

7. Viajando em familia:
http://www.viajandoemfamilia.com.br/blogagem-coletiva-5-destinos-top-no-brasil-com-criancas/
Destinos: Fortaleza, Caldas Novas, Foz do Iguaçu, Beto Carreiro e Salvador

8. Viagens que Sonhamos:
http://www.viagensquesonhamos.com.br/2015/10/destinos-para-viajar-com-as-criancas.html
Destinos: Gramado e Canela, Santa Catarina com Beto Carrero, litoral norte de Alagoas, Praia do Forte e Porto de Galinhas

9. Viajo Com Filhos:
http://viajocomfilhos.com.br/2015/10/descobrindo-o-brasil-blogagem-coletiva/
Destinos: Taipu de Fora, Bonito, Bombinhas, Pipa, Amazônia

10. Malas & malinhas: 
http://malasemalinhas.com.br/2015/10/17/viagem-com-crianca-no-brasil/
Destinos: Morro de São Paulo, Chapada Diamantina, Cidades Históricas de Minas Gerais, Fortaleza e Foz do Iguaçu

11. Cantinho de Ná: 
http://cantinhodena.com.br/viajando-com-as-criancas-pelo-brasil/
Destinos: Salvador, Praia de Forte, Fortaleza, Tibau do Sul e Pipa.

12. Carregando Malinhas: 
http://carregandomalinhas.com.br/5-destinos-para-descobrir-o-brasil-com-criancas/
Destinos: Gramado e Canela, Ilha Grande, Lumiar/Mury/São Pedro da Serra,  Arraial do Cabo e Vitória e Vila Velha.

13 - Viajante em Tempo Integral: 
http://www.tempointegralblog.com/brasil-com-criancas/
Destinos: São Paulo, Rio de Janeiro, Gramado, Florianópolis, Natal

14 -  Viagem Simplesmente:
http://www.viagemsimplesmente.com.br/2015/10/descobrindo-o-brasil-com-criancas.html
Destinos: Bonito, Genipabú, Maceió, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçú

Share:
Leia mais aqui
, , , , , , , ,

3 lugares incríveis pra você conhecer a caminho de Jericoacoara

Jericoacoara é um dos destinos mais badalados no Brasil! A praia, localizada a 300kms de Fortaleza, está entre os dez melhores destinos do País, segundo o TripAdvisor. As principais formas de chegar a Jeri, como intimamente é chamada, são de ônibus saindo da capital cearense e pegando uma jardineira em Jijoca ou de carro - particular ou transfer. Quando estivemos lá, em Julho de 2015, optamos em ir em nosso carro e conseguimos, com um guia local, chegar até a famosa vila, como contamos aqui

A viagem, contudo, pode ser um pouco cansativa de se "tirar direto" e, se você tiver tempo, que tal fazer algumas paradas estratégicas ao longo do caminho e conhecer 3 lugares incríveis que ficam entre Fortaleza e Jeri? Separamos todas as dicas para você aproveitar o melhor da costa do sol poente no Ceará. Então, prepara as malas e boa viagem, o paraíso te espera!

1. LAGOA DAS ALMÉCEGAS, em Paraipaba



A primeira parada que recomendamos é em Paraipaba, onde você poderá desfrutar de um delicioso banho na Lagoa das Almécegas, localizada na Reserva Ecológica das Pedrinhas. distante 120kms de Fortaleza. De águas tranquilas e cristalinas, propicia um banho relaxante. O local é bem arborizado e com várias redes para o descanso, especialmente pós-almoço, quando bate aquela preguiça. O cardápio oferecido é variado e preço justo, mas com poucas opções pra lanche, em especial as crianças.

Existe um pacote 03 em 01 que sai de pau de arara (ou jardineira) para passeio no sertão, atravessando a Lagoa das Almécegas de catamarã e retornando de buggy pelas dunas. 

Veja como foi nossa visita a Lagoa das Almécegas clicando aqui.

Nossa dica é: reserve um dia inteiro para curtir as belezas do local e você pode depois partir para o segundo destino, que também lhe trará grandes surpresas.

2. GUAJIRU, no Trairi

Guajiru é uma vila de pescadores localizada no município do Trairi localizada apenas 36kms da Lagoa das Almécegas. É considerada, por muitos, a Jericoacoara de vinte anos atrás, com uma beleza nativa preservada, com mar calmo para pescarias e deliciosas piscinas naturais que se formam quando a maré está baixa. O pôr-do-sol foi um dos mais bonitos que já vimos!

Para nós, que fazemos o Rodando pelo Ceará, Guajiru é uma das praias mais incríveis do Ceará, especialmente para viagens com crianças. Na maré baixa formam-se piscinas naturais que possibilitam um gostoso banho. É realmente incrível!


O local também conhecido por ser um paraíso para os amantes de kitsurf. E não é pra menos! O vento e a paisagem local fazem desta praia o cenário perfeito para a prática do esporte.Além dessa experiência, você pode realizar alguns passeios com o pessoal do Guajiru Kite Center. Nós fizemos um roteiro de buggy com eles, bem diversificado, onde Elton fez ainda stand up paddle e Valentina fez um passeio de caiaque com o instrutor, pelo manguezal, uma incrível experiência em contato com a natureza e conhecendo a mata nativa e um cenário que não é apenas de praia. Vale muito a pena você incluir em sua passagem por Guajiru.





3. Icaraizinho de Amontada
Nossa última dica de parada antes de você chegar a Jericoacoara é aproveitar todo o charme que Icaraizinho de Amontada tem a lhe oferecer. Com uma estrutura um pouco melhor que em Guajiru, o local preza pela tranquilidade e simplicidade do seu povo hospitaleiro.

O grande destaque, pra gente, foi conhecer a Lagoa do Torto, na comunidade de Flexeiras. Aos fins de semana é bem cheio, mas se você gosta de mais sossego, tente ir numa segunda ou terça-feira, quando você terá praticamente esse oásis só pra você.



Lá no nosso Instagram @rodandopeloceara destacamos alguns dos melhores momentos da nossa passagem por Icaraí de Amontada. Aproveita e segue a gente lá!




Espero que tenham gostado das nossas dicas e não esqueçam de nos marcar em suas redes sociais com a hastag #rodandopeloceara. Viaje mais, conheça o Ceará!
Share:
Leia mais aqui